Indústria de conexões no Paraná - Shiva Plásticos

Prêmio MPE Brasil 2015 oferece diagnóstico gratuito e atrai milhares de micro e pequenas empresas

por / 08/02/2018 / Publicado em Novidades

Mais de 65,7 mil micro e pequenas empresas de todo paí­s se candidataram ao MPE Brasil 2015 “ Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas. O número supera em 29% a quantidade de participantes de 2014. O maior prêmio nacional que oferta de forma gratuita um diagnóstico de gestão à micro e pequenas empresas (MPE) é realizado pelo Sebrae, Movimento Brasil Competitivo, Gerdau, com apoio técnico da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). As micro e pequenas empresas representam 27% do Produto Interno Bruto (PIB) e são responsáveis por mais da metade dos empregos com carteira assinada. As inscrições para a edição 2015 encerraram no dia 31 de julho e, a partir de agora, os participantes que concorrem à  premiação em seus estados, e tiverem melhor desempenho, recebem visitas técnicas e são avaliados pelas práticas de gestão. As dez vencedoras nacionais participam de missão técnica no Brasil e capacitação no exterior. O processo de avaliação envolve mais de mil avaliadores voluntários em todo paí­s. O resultado final será conhecido em abril de 2016. Para o presidente do Sebrae, Luiz Barretto, a premiação é uma oportunidade para as empresas avaliarem suas práticas. "Elas recebem relatórios personalizados com informações importantes, como pontos fortes e oportunidades de melhoria, que auxiliam na tomada de decisões. O diagnóstico que recebem dos avaliadores é uma ferramenta que, bem utilizada, contribui para o amadurecimento empresarial, na medida em que podem aprimorar sua gestão a partir das fraquezas identificadas no estudo". Barretto também reforça que a busca pela excelência em gestão deve ser um trabalho permanente. "Os vencedores do MPE Brasil dividem conhecimentos não apenas entre si, mas também com outros empreendedores em suas respectivas regiões. Eles servem como exemplo de liderança e se tornam referências de sucesso nos pequenos negociações", complementa. Segundo o presidente executivo do Movimento Brasil Competitivo, Claudio Gastal, o crescimento de candidaturas demonstra que os empreendedores brasileiros estação cada vez mais atentos ao aperfeiçoamento dos processos de gestão de suas empresas. "As boas práticas de gestão disseminadas pelo MPE Brasil são propulsoras de grandes saltos de competitividade e permitem que os empreendedores aumentem a produtividade de suas micro e pequenas empresas. Por meio deste Prêmio, o MBC busca formar uma geração de empresários que esteja preparada para enfrentar com sucesso as adversidades do ambiente de negócio brasileiro", destaca. "O crescimento da procura das MPE em participar do Prêmio deixa muito claro que o empreendedor está cada vez mais atento e empenhado em aperfeiçoar o modelo de gestão de sua organização, a fim de aumentar a produtividade e estar cada vez mais competitivo no mercado", avalia Jairo Martins, presidente-executivo da Fundação Nacional da Qualidade. "Isso demonstra uma maior maturidade na gestão das MPE", completa. Critérios de avaliação As organizações são avaliadas pela qualidade da administração, capacidade inovadora e equilí­brio entre os critérios de excelência por meio da utilização do questionário de autoavaliação, tendo como base o Modelo de Excelência da Gestão (MEG), da FNQ. Aquelas com melhor desempenho receberão a visita de avaliadores voluntários capacitados e serão submetidas a uma banca técnica. Participantes - O Estado de São Paulo lidera o número de organizações candidatas, com 15 mil empresas, seguido por Rio Grande do Sul (5 mil), Bahia (4,9 mil), Rio de Janeiro (4,4 mil) e Distrito Federal (3,7 mil). - Por região: Sudeste (24.529), Nordeste (18.060), Sul (11.778), Centro-Oeste (7.170) e Norte (4.180). - Entre os setores de atuação na economia, 48% das participantes são do Comércio, 26% da Área de Serviços e 13% da Indústria. As demais organizações se dividem entre Turismo, Agronegócio, Educação, Saúde e Tecnologia da informação. - Mais de metade dos gestores das empresas candidatas está na faixa etária entre 35 e 44 anos (56,48%). Posteriormente, aparecem os seguintes empreendedores: entre 25 e 34 anos (25,61%), acima de 55 anos (14,37%) e entre 18 e 24 anos (3,54%). - 59% dos empreendedores são do público masculino, 41% são do feminino. Acesse www.premiompe.sebrae.com.br Clique aqui: MPE Brasil 2015

Nuvem de Tags

TOP